(41) 3222-2333

©2020 por Clínica Saint Paul Curitiba. Orgulhosamente criado por Clicaria

  • Dr. Rubens Celso Miecznikowski

RINOPLASTIA

Atualizado: Mar 14


INDICAÇÃO

Quando a forma ou tamanho do nariz estão em desarmonia com a estética da face, procuramos através da cirurgia plástica promover o equilibro entre estas estruturas. A rinoplastia pode ser estética ou funcional, quando associada a correção do septo ou cornetos. ORIENTAÇÕES

1- Anestesia – local com sedação ou geral. 2- Tempo cirúrgico – de uma a duas horas. 3- Cicatriz – as incisões são feitas na mucosa (por dentro) ou em locais de dobra (asa nasal) onde tornam-se praticamente imperceptíveis. PRÉ OPERATÓRIO

1- Exames laboratoriais, eletrocardiograma, rx ossos da face. 2- Estudo fotográfico da região. 3- Comparecer na clínica em jejum. 4- Não usar maquilagem, esmalte nas unhas das mãos e joias. 5- Caso apresente algum sintoma (febre, gripe, infecção), avisar com antecedência. 6- Não tomar medicamentos que contenha acido acetilsalicílico (AAS, Aspirina, Rhonal, Buferim) pelo menos uma semana antes da cirurgia, pois estas aumentam a possibilidade de sangramento. 7- Recomendamos uso de homeopatia para atenuar equimose (roxos) e melhorar a cicatrização. 8- Não tomar medicamentos para emagrecimento pelo menos 10 dias antes da cirurgia. 9- Evitar fumar. PÓS OPERATÓRIO

1- Tempo de internação – de 12 a 24 horas. 2- Dor – a cirurgia é indolor, no pós operatório sentirá algum incômodo com sensação de “nariz trancado”. 3- Compressas geladas – com soro fisiológico ou água boricada na região das pálpebras nas primeiras 24 horas. 4- Banho – com água morna, não molhar o curativo do nariz, não usar secador de ar quente. 5- Alimentação – normal. 6- Repouso – permanecer em casa os primeiros dias, usar cabeceira elevadora (dois travesseiros) para deitar. 7- Edema (inchaço) equimose (roxo) – variam conforme o tipo de pele e cirurgia realizada. Normalmente cedem em duas semanas. 8- Esforços Físicos – atividade física após 30 dias, evitar esportes de contato. 9- Sol – evitar exposição solar no primeiro mês. 10- Respiração – é pouco prejudicada, sentirá leve dificuldade decorrente do edema local, usar pomada lubrificante com cotonete para remoção das crostas. 11- Drenagem linfática – as massagens na região nasal auxiliam a recuperação. EVOLUÇÃO

Toda cirurgia envolve um período de recuperação que inadvertidamente pode chamar a atenção de outras pessoas. O edema e a equimose vão desaparecendo no decorrer dos dias, realçando então a nova forma do nariz. Em caso de dúvidas, daremos os esclarecimentos necessários. RESULTADO FINAL

Normalmente após 6 meses, quando houve acomodação natural da pele, fazemos um estudo fotográfico. Nesta avaliação discutiremos a necessidade de algum retoque, procedimento aliás normal em cirurgia plástica.